sábado, 28 de setembro de 2013

Greve dos bancários de Curitiba e região é a maior dos últimos quatro anos!

Nesta sexta-feira,dia 27 a greve dos bancários chegou ao seu nono dia com 378 agências fechadas em Curitiba e região. Com isso, o movimento deste ano já é o maior desde 2009, segundo levantamento do Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região.  A greve de 2009 chegou a ter 284 agências fechadas. No ano seguinte foram 273 e em 2011 subiu para 307. No ano passado a greve atingiu um máximo de 338 agências paradas na Grande Curitiba.
Ainda segundo o sindicato, mais de 15 mil bancários estão parados na Capital, o que representa mais de 80% da categoria. Na greve de 2012 a adesão à greve teve cerca de 10 mil bancários.Na quinta-feira,dia 26, o sindicato realizou uma assembleia de avaliação da greve e organização da expansão do movimento, às 17 horas.
As negociações entre os bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) estão paradas.
A continuidade da greve obrigou o Departamento de Trânsito do Paraná (Cetran-PR) a prorrogar o prazo de pagamento do licenciamento com vencimento neste mês. A medida é para evitar prejuízos aos proprietários de carros e motos com placas de final 3, 4 e 5, que encontram dificuldades para quitar o débito por causa da greve dos bancários.
“Nossa decisão é em respeito ao cidadão que não consegue efetuar o pagamento. Eles terão até 31 de outubro para pagar o licenciamento, junto com aqueles com placas 6, 7 e 8. O restante do calendário permanece inalterado, vencendo em novembro as placas com final 9 e 0”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.
A portaria 506/2013 entrou em vigor ontem e regulamenta que os veículos cujo licenciamento venceria em setembro não sejam autuados pelos órgãos de fiscalização por falta de pagamento. Vale lembrar que o atraso no pagamento das taxas do Detran e de multas de trânsito não incidem juros ou correções.
 Usuários que receberam multas de competência do Detran devem observar a data de vencimento da guia de pagamento. Se o término do prazo de pagamento com 20% de desconto ocorrer durante o período da greve, ou seja, a partir do dia 19, é preciso procurar a unidade do Departamento mais próxima para solicitar novo prazo de recolhimento com desconto. Itaú — Ontem, o Itaú conseguiu uma liminar junto à  15ª Vara do Trabalho para abrir suas agências em Curitiba. Foi a primeira concessão de um interdito proibitório  nesta greve. No despacho, a juíza recomendou ao oficial de Justiça que cumprisse urgente e imediatamente o mandado.
Fonte: bemparana.com.br/notícias;fotos: Joelson Rodrigues